Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OPA/Cimpor: Caixa gostaria que preço oferecido por Camargo "fosse melhor"

Lusa

  • 333

Lisboa, 15 jun (Lusa) - A Caixa Geral de Depósitos (CGD) tinha a expetativa de que a brasileira Camargo Corrêa elevasse o preço da sua oferta sobre a cimenteira Cimpor, disse hoje o presidente do conselho de administração do banco público.

"Ainda tinha esperanças de que fosse possível haver uma revisão do preço por parte do oferente", disse Fernando Faria de Oliveira numa audiência perante a comissão parlamentar de Economia. "Até agora, não foi possível que o preço fosse aumentado."

A Camargo Corrêa, através da sua subsidiária Intercement, lançou no final de março uma oferta pública de aquisição (OPA) sobre a Cimpor. O grupo brasileiro de construção ofereceu 5,5 euros por ação da Cimpor - um valor que a administração da cimenteira considerou baixo, mas que a CGD avaliou como suficiente para vender a sua participação.