Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

ONU: Portugal defende lugar permanente para Brasil, Índia e África no Conselho de Segurança

Lusa

  • 333

Nova Iorque, 02 out (Lusa) - O embaixador de Portugal junto da ONU defendeu hoje que Portugal "cumpriu com rigor e eficiência" o mandato no Conselho de Segurança, que termina em dezembro, apelando a que Brasil, Índia e África se tornem membros permanentes do órgão.

Na intervenção de Portugal no debate da 67ª Assembleia Geral da ONU, o embaixador Moraes Cabral fez um balanço positivo do biénio de Portugal como membro rotativo do Conselho de Segurança, destacando o "papel ativo" em crises como das da Costa do Marfim, Líbia, Iémen, Síria e Guiné-Bissau.

"As nossas ações foram sempre guiadas pela abertura para o diálogo e uma atitude construtiva e equilibrada, incorporando a nossa vocação para construir pontes e gerar consensos, sem abdicar dos nossos valores e princípios", disse o diplomata