Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Oleiros: Autarca preocupado com "barril de pólvora" que constitui ordenamento florestal do concelho

Lusa

  • 333

Oleiros, 17 jul (Lusa) -- A falta de ordenamento florestal das zonas áridas de Oleiros em 2003 transformou o concelho num "barril de pólvora", alertou hoje o presidente da Câmara, José Marques (PSD).

O concelho constitui, "hoje, um barril de pólvora nas áreas ardidas em 2003, por falta de ordenamento florestal", afirmou à Lusa o autarca, momentos antes de apresentar mais uma edição da Feira do Pinhal, a qual decorre de 08 a 12 de agosto, em Oleiros.

José Marques acusa os governos dos últimos oito anos de nada terem feito para reordenar a floresta nas áreas ardidas há 9 anos: "Depois do incêndio de 2003, a floresta recomeçou a crescer" e "mais de 80 por cento da área que então ardeu está a crescer desordenadamente".