Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Oferecer impostos a quem compra casas da banca pode ser positivo para imobiliárias

Lusa

  • 333

Lisboa, 27 nov (Lusa) -- Os mediadores imobiliários acreditam que a oferta do pagamento dos impostos associados à compra de habitação pela Caixa Geral de Depósitos (CGD) aos seus clientes se pode estender a outros bancos com reflexos positivos no negócio das imobiliárias.

Apesar de defender que as imobiliárias deveriam estar a vender os imóveis colocados no mercado pelos promotores e não aqueles que a banca tem em carteira, o presidente da Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal (Apemip), Luís Lima, sublinhou que a venda das casas detidas pela banca é, atualmente, "uma das tábuas de salvação" do setor, ajudando a resolver "problemas de faturação".

Os reflexos negativos deverão chegar, isso sim, de acordo com o presidente da Apemip, aos mediadores imobiliários que trabalham com os promotores dos empreendimentos, que podem perder capacidade de concorrer com as campanhas promocionais associadas aos imóveis da banca.