Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

OE2014: Governo não fez mais cortes de salários desde que tomou posse, diz Hélder Rosalino

Lusa

  • 333

Lisboa, 22 nov (Lusa) -- O secretário de Estado da Administração Pública, Hélder Rosalino, afirmou hoje que os cortes salariais em vigor são os mesmos de 2011, mas que o Governo conseguiu poupar 4.000 milhões de euros até ao final deste ano.

"Os salários nominais mensais regulares não sofreram, durante a vigência deste Governo, ainda qualquer corte. Mantêm-se os mesmos cortes adotados em 2011 pelo Governo anterior", afirmou Hélder Rosalino no debate na especialidade do Orçamento do Estado para 2014 que decorre hoje no parlamento.

No entanto, o governante referiu que "este Governo conseguiu reduzir em cerca de 4.000 milhões de euros a despesa com pessoal só até ao fim de 2013", uma redução que foi conseguida através de um maior controlo da entrada de funcionários públicos, bem como e da saída de trabalhadores dos serviços públicos.