Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Norte-coreano que vivia no Sul regressa à terra natal em barco alegadamente furtado

Lusa

  • 333

Seul, 04 abr (Lusa) -- Um refugiado norte-coreano que vivia na Coreia do Sul regressou ao país de origem num barco de pesca que alegadamente furtou, informaram hoje fontes militares em Seul.

O homem, 28 anos, zarpou da ilha fronteiriça de Yeonpyeong, às 10:49 de quarta-feira (02:49 em Lisboa) navegando através da Linha Limite do Norte, traçado da fronteira marítima do Mar Amarelo, definida pela ONU após a guerra da Coreia (1950-1953), indicaram as autoridades sul-coreanas.

Quando a Força Naval da Coreia do Sul detetou que a embarcação, de nove toneladas, se aproximava da linha, esta já se encontrava apenas a um quilómetro de distância da fronteira, descreveu um oficial do Exército sul-coreano à agência noticiosa Yonhap.