Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"Não existe alternativa melhor" aos programas de ajustamento - Federação Brasileira de Bancos

Lusa

  • 333

Lisboa, 15 abr (Lusa) - O presidente da Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN), Murilo Portugal, afirmou hoje, em Lisboa, que "não existe uma alternativa melhor" do que a dos programas de ajustamento para resolver a crise europeia.

"Essa ideia de que os países podiam sair da crise crescendo, mas sem resolver os seus problemas fiscais [orçamentais] e estruturais, iria mostrar-se insustentável rapidamente", afirmou o economista, que falava numa conferência organizada pelo Banco de Portugal, pelo Conselho de Finanças Públicas e pela Fundação Gulbenkian, hoje em Lisboa.

Para o ex-quadro do Banco Mundial, "o crescimento baseado no modelo anterior, de financiar economias de baixa produtividade através de empréstimos, não funcionaria".