Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mundial sub-20: Jorge Couto e Bizarro apontam coesão como segredo

Lusa

  • 333

Redação, 19 jun (Lusa) -- O espírito de grupo e a união da seleção portuguesa de sub-19 foram o "segredo" para o triunfo no Campeonato do Mundo de 1989, segundo contaram à agência Lusa os antigos futebolistas Jorge Couto e Bizarro.

"Tínhamos uma equipa com jogadores com qualidade e uma equipa de trabalho, de espírito de grupo e de solidariedade dentro de campo. A equipa superava-se na altura das adversidades, das fases difíceis dos jogos. Uma entreajuda e uma solidariedade muito grandes, associada à qualidade de cada um", explicou Jorge Couto.

Uma ideia corroborada pelo "dono" da baliza da equipa das "quinas" que conquistou o primeiro cetro mundial na categoria, reconhecendo que foi "o coletivo que fez a grande diferença" e elegendo o primeiro golo da final, frente à Nigéria, como um dos momentos mais marcantes.