Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Morreu o poeta António Ramos Rosa, aos 88 anos

Lusa

  • 333

Lisboa, 23 set (Lusa) - O poeta António Ramos Rosa, Prémio Pessoa 1988, considerado uma das maiores figuras da poesia portuguesa do século XX, morreu hoje aos 88 anos, disse à agência Lusa fonte da família.

O poeta, ensaísta e tradutor, morreu hoje no Hospital Egas Moniz, em Lisboa, em consequência de uma pneumonia, segundo a mesma fonte.

Nascido em Faro, em 1924, deixa uma vasta obra com cerca de uma centena de títulos, traduzida em várias línguas.