Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Monsanto retira pedidos de organismos geneticamente modificados na União Europeia

Lusa

  • 333

Bruxelas, 18 jul (Lusa) -- A Monsanto retirou todos os pedidos de autorização de cultivo de organismos geneticamente modificados (OGM) na União Europeia, à exceção do milho MON 810, cultivado sobretudo em Espanha e Portugal, disse hoje um porta-voz da Comissão Europeia.

"Já não vamos pedir as aprovações para o cultivo de novas culturas de OGM na Europa", disse Brandon Mitchener, representante da Monsanto na Europa, acrescentando que a multinacional norte-americana vai focar o seu negócio nas sementes convencionais e na sua venda para a União Europeia (UE).

A informação foi confirmada pela Comissão Europeia, que disse que "tomou nota da decisão" da Monsanto, que desenvolve OGM e produtos agroquímicos largamente usados nos Estados Unidos e noutros países.