Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ministro da Saúde responde a protesto de autarcas com necessidade de "fazer escolhas"

Lusa

  • 333

Caminha, 10 set (Lusa) - O ministro da Saúde admitiu hoje ser necessário "fazer escolhas", ao ser confrontado com um protesto de autarcas de Melgaço reclamando a abertura de uma unidade de cuidados continuados pronta há um ano.

"Nós todos temos que fazer escolhas. Nós adoraríamos atender todas as solicitações, mas se numa região temos uma oferta em Darque, Ponte da Barca e aqui em Caminha, temos que ver se o país precisa e pode ter mais. Portanto, a questão não é haver o pedido", retorquiu, aos jornalistas, o ministro Paulo Macedo.

Esta tarde, durante a inauguração da nova Unidade de Cuidados Continuados de Longa Duração e Manutenção da Gelfa, em Caminha, o governante foi recebido com um protesto, em silêncio, promovido por uma dezena de autarcas socialistas de Melgaço, nomeadamente vários presidentes de junta.