Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Militar da GNR de Penafiel acusado de ter torturado suspeito de furto

Lusa

  • 333

Penafiel, 25 jan (Lusa) - O Ministério Público acusa um militar da GNR de Penafiel do crime de tortura por ter alegadamente agredido um detido com murros e bofetadas, confirmou hoje à Lusa fonte daquela autoridade policial.

Segundo a fonte, o militar já foi informado pelo tribunal, mas ainda não prestou declarações formais sobre o processo, subsequentes à acusação.

De acordo com a acusação, as alegadas agressões terão ocorrido, em junho de 2011, no posto territorial de Penafiel, quando um suspeito de furto de cobre e condução sem carta, de 24 anos, era interrogado pelo militar.