Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Milhares excluídos do sistema de saúde com aumento das taxas moderadoras - Administrador hospitalar

Lusa

  • 333

Lisboa, 14 jan (Lusa) -- O presidente do Conselho de Administração do Hospital de Cascais, Adalberto Campos Fernandes, avisou hoje que o último aumento das taxas moderadoras "empurrou para fora do sistema de saúde" dezenas ou centenas de milhares de pessoas.

"Estamos no limite de segurança crítico de introdução de barreiras económicas ao acesso [à saúde]", afirmou Adalberto Campos Fernandes, ao comentar a proposta do FMI para aumento das taxas moderadoras, durante um debate hoje em Lisboa sobre a sustentabilidade do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Para o especialista em economia de saúde, a proposta do FMI transforma as taxas moderadoras em copagamentos, considerando uma ideia descabida e própria de quem desconhece a realidade portuguesa.