Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Michel Platini insiste que votou no Catar "de forma independente"

Lusa

  • 333

Redação, 30 jan (Lusa) -- O presidente da UEFA, Michel Platini, garante que votou no Catar para anfitrião do Mundial2022 "de forma independente", reservando-se no direito de "processar qualquer um que questione a sua escolha".

Numa nota enviada à agência Lusa por intermédio do gabinete de comunicação da UEFA, Platini insiste que a sua escolha seguiu "uma lógica simples" que sempre defendeu: "abertura aos países que nunca organizaram grandes eventos desportivos".

"Acreditar que a minha escolha para votar Qatar2022 foi em troca de acordos entre o Estado francês e o Qatar é pura especulação e são apenas as opiniões de quem escreve mentiras", acrescentou o presidente da UEFA, em resposta à reportagem da revista France Football.