Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Médicos guineenses em Portugal dão consultas em Bissau para tratar 700 doentes

Lusa

  • 333

Bissau, 26 mar (Lusa) - Cinco médicos de origem guineense que trabalham em Portugal vão durante esta semana dar mais de 700 consultas em Bissau, foi hoje anunciado numa conferência de imprensa na qual se falou de fraudes nas juntas médicas.

Os médicos, um cardiologista, dois cirurgiões, um pediatra e um especialista em infeciologia, estão na Guiné-Bissau no âmbito de uma iniciativa da Fundação Ricardo Sanhá, criada em 2009 pelo guineense Ricardo Sanhá e com sede em Lisboa, que tem como principal objetivo dar assistência social a cidadãos guineenses no estrangeiro.

Esta é a segunda missão médica da Fundação este ano, disse hoje Ricardo Sanhá à Lusa em Bissau, adiantando que uma terceira missão estará no país em maio.