Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Médico da "Operação Puerto" admite que não trabalhou só com ciclistas

Lusa

  • 333

Madrid, 29 jan (Lusa) -- O médico espanhol Eufemiano Fuentes, um dos principais acusados no escândalo de doping "Operação Puerto", admitiu hoje em tribunal que trabalhou sobretudo com ciclistas, mas também com atletas de outras modalidades.

"A maioria eram ciclistas, mas havia clientes de outros desportos" afirmou Fuentes, um dos sete acusados no maior caso de dopagem a afetar o ciclismo na última década.

Eufemiano Fuentes explicou que fazia análises periódicas aos atletas que se estavam a preparar para determinada competição.