Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Medicamentos: Inspetores do Infarmed na rua a fiscalizar falta de remédio para Parkinson

Lusa

  • 333

Lisboa, 14 set (Lusa) -- Todos os inspetores do Infarmed vão realizar nas próximas 72 horas uma operação para identificar "atos que violem a legislação em vigor" e estejam na origem das "dificuldades de acesso ao medicamento" Sinemet (para a doença de Parkinson) ou outros.

Em nota enviada à comunicação social, a autoridade que regula o setor do medicamento garante que está a acompanhar "todas as situações que impeçam o regular abastecimento de qualquer medicamento no mercado nacional e o acesso dos utentes aos medicamentos de que necessitam".

Em relação ao medicamento Sinemet, que continua esgotado em várias farmácias portuguesas, "pelas características da doença a que se destina e a importância da manutenção da terapêutica por parte dos doentes, tem sido particularmente visado nas ações de fiscalização do Infarmed ao circuito do medicamento", lê-se na nota.