Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mário Santos procura terceiro mandato na canoagem, Carlos Sousa é adversário

Lusa

  • 333

Porto, 26 out (Lusa) -- Mário Santos tenta no sábado alcançar o terceiro mandato à frente da Federação Portuguesa de Canoagem, modalidade à qual deu notoriedade nos últimos anos, tendo como rival Carlos Sousa, que quer explorar melhor as potencialidades da modalidade.

O atual presidente tem como principal crédito um trabalho que resultou em 64 medalhas em importantes provas internacionais, com destaque para a prata em Londres2012 do K2 1.000 Fernando Pimenta/Emanuel Silva, bem como 14 dos 28 pontos que Portugal conquistou nos Jogos Olímpicos.

A concretização do Centro de Alto Rendimento (CAR) de Montemor-o-Velho, a recuperação e estabilidade financeira da federação, a organização em Portugal de provas europeias e mundiais, o aumento do número de atletas e clubes e a residência universitária são alguns dos outros "trunfos" que assume para o ato eleitoral.