Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Marine Le Pen critica a seleção francesa e o "ultraliberalismo" do futebol

Lusa

  • 333

Paris, 18 nov (Lusa) -- A líder da Frente Nacional Francesa afirmou hoje que os futebolistas da seleção gaulesa são "rapazes rebeldes mal-educados sem orgulho nacional", em reação à derrota frente à Ucrânia, na primeira mão do "play-off" de apuramento para o Mundial2014.

Em entrevista a um rádio local, Marine Le Pen considerou que isso resulta do "ultraliberalismo" que existe no futebol, atualmente uma "indústria apenas virada para o dinheiro".

"Uma equipa não pode ser apenas estimulada pelo lucro e pelo ego dos indivíduos que a compõem. Hoje em dia, há uma enorme rutura entre a população francesa e a seleção. A seleção é uma espécie de quadrilha de rapazes rebeldes mal-educados que não têm qualquer orgulho nacional e só representam a França pelo dinheiro", afirmou Marine Le Pen.