Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Mais de 50 empresários das atividades de diversão manifestam-se em Lisboa contra subida do IVA - APED

Lusa

  • 333

Lisboa, 28 nov (Lusa) -- Mais de 50 empresários das atividades de diversão estão hoje a manifestar-se em Lisboa contra o aumento da taxa do IVA, de 6% para 23%, que está a empurrar para a falência 300 microempresas familiares no país.

"O governo aumentou no início deste ano o Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) em 17 pontos percentuais para 23% no caso das atividades do setor de diversão, valor que constitui a margem de lucro dos empresários. Mas, com o agravamento das despesas, nomeadamente do preço do gasóleo, seguros e das ex-scuts [antigas vias sem custos para os utilizadores] estamos a entrar em falência", lamentou à agência Lusa o presidente da APED -- Associação Portuguesa de Empresas de Diversão, Luís Paulo Fernandes.

Com esta manifestação, os pequenos empresários pretendem protestar também contra a situação económica atual do país.