Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Líderes da ilha japonesa de Okinawa protestam contra incidentes com militares norte-americanos

Lusa

  • 333

Tóquio, 16 nov (Lusa) - A assembleia da prefeitura de Okinawa aprovou hoje por unanimidade uma resolução de protesto contra os incidentes que alegadamente envolveram militares norte-americanos e exigem medidas mais severas, incluindo a redução do número de efetivos dos Estados-Unidos naquela região japonesa.

Em outubro uma cidadã japonesa foi alegadamente violada por dois suspeitos fuzileiros norte-americanos e já este mês um adolescente terá sido alegadamente atacado por um militar de uma base da força aérea dos Estados Unidos.

Os incidentes reacenderam o sentimento anti-americano na ilha japonesa, onde estão estacionados mais de metade dos 52.000 militares norte-americanos atualmente em missão no Japão.