Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Lance Armstrong pediu desculpa a funcionários da Livestrong antes de primeira entrevista

Lusa

  • 333

Austin, Estados Unidos, 14 jan (Lusa) -- O norte-americano Lance Armstrong, desclassificado do recorde de sete vitórias na Volta a França pela União Ciclista Internacional (UCI), pediu hoje desculpa aos membros da fundação Livestrong, instituição que criou para apoiar as pessoas vítimas de cancro.

"Lance veio à sede da fundação Livestrong hoje para uma conversa privada com os membros e desculpou-se sinceramente pelos momentos penosos que viveram por sua culpa", explicou à agência France Presse a porta-voz da associação de luta contra o cancro, recusando-se a precisar se Armstrong confessou ter-se dopado.

Rae Bazzarre acrescentou ainda que o antigo ciclista, ele próprio sobrevivente de cancro e fundador da Livestrong em 1997, pediu aos membros da fundação para prosseguirem "o excelente trabalho".