Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Júlio Mendes acusa PSP de conivência nos confrontos no Guimarães B-Braga B

Lusa

  • 333

Guimarães, 28 fev (Lusa) - O presidente do Vitória de Guimarães acusou hoje a Polícia de Segurança Pública (PSP) de ter sido conivente com os desacatos verificados no recente Vitória de Guimarães B-Sporting de Braga B, da II Liga de futebol.

"O Vitória de Guimarães caiu numa armadilha que foi preparada com antecedência e, enquanto não me provarem o contrário, no mínimo tenho essa suspeita [de que a própria polícia estaria envolvida]", apontou Júlio Mendes em conferência de imprensa.

O dirigente esclareceu que, num primeiro momento, o clube requisitou policiamento para o jogo entre as equipas secundárias de Vitória e Braga e que, esperando cerca de duas mil pessoas, seriam necessários nove agentes, mas que prescindiu do mesmo depois de as autoridades terem dito que precisavam de 42.