Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Jorge Miranda diz que reunião Conselho de Estado é "tentativa desesperada" de Cavaco Silva

Lusa

  • 333

Lisboa, 20 mai (Lusa)- O constitucionalista Jorge Miranda classificou de "tentativa desesperada" a iniciativa do Presidente da República de reunir hoje o Conselho de Estado para debater a situação de Portugal após a intervenção da 'troika'.

Falando aos jornalistas à margem da conferência Troika Ano II, organizada pelo Instituto de Direito Económico Financeiro e Fiscal e pelo Instituto Europeu, para assinalar os dois anos da assinatura do memorando de entendimento da assistência financeira a Portugal, Jorge Miranda disse que a convocação do Conselho de Estado é "uma tentativa desesperada [de Cavaco Silva] depois do infeliz discurso do 25 de abril", tentando, desta forma "voltar à mó de cima".

O constitucionalista acrescentou que, mesmo assim, as últimas declarações do Presidente da República, "ligando Nossa Senhora de Fátima à situação económica são de uma infelicidade enorme, possivelmente anticristãs, e nem se compreende invocar o nome de Deus em vão".