Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Japão insta Grã-Bretanha a permanecer na União Europeia - Imprensa

Lusa

  • 333

Londres, 21 jul (Lusa) -- O Japão advertiu que dezenas de milhares de empregos em empresas japonesas instaladas na Grã-Bretanha poderiam estar em risco se Londres saísse da União Europeia, de acordo com a edição de hoje do jornal Sunday Times.

Num contributo para uma consulta do Ministério dos Negócios Estrangeiros britânico sobre o tema, Tóquio afirmou que as empresas japonesas apreciam a Grã-Bretanha porque esta oferece uma porta de entrada para o mercado europeu, precisou o Sunday Times.

O primeiro-ministro britânico David Cameron pronunciou-se a favor de uma renegociação das relações da Grã-Bretanha, seguida da organização de um referendo sobre a manutenção na União Europeia antes do fim de 2017, caso permanecesse em funções.