Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Japão condena violação alegadamente cometida por dois soldados norte-americanos

Lusa

  • 333

Tóquio, 17 out (Lusa) - Representantes do Governo japonês condenaram hoje a violação de uma mulher japonesa alegadamente cometida por dois soldados norte-americanos na província de Okinawa, no sul do Japão.

Os dois fuzileiros, ambos de 23 anos, foram detidos na terça-feira pelas autoridades japonesas sob a acusação de violarem na manhã do mesmo dia uma mulher japonesa entre os 20 e 30 anos.

Os militares estavam de passagem na principal ilha de Okinawa, uma vez que ambos prestavam serviço na base aérea e naval de Fort Worth, no estado norte-americano do Texas.