Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Israel pediu empréstimo de 1.000 milhões de dólares ao FMI para a Autoridade Palestiniana

Lusa

  • 333

Jerusalém, 02 jul (Lusa) -- Israel pediu ao Fundo Monetário Internacional (FMI) um empréstimo de 1.000 milhões de dólares destinado à Autoridade Palestiniana que enfrenta uma grave crise financeira, revela a imprensa local.

O governador do Banco Central israelita, Stanley Fisher, apresentou o pedido em meados de abril, durante a conferência anual do FMI em Washington, depois de um encontro com o primeiro-ministro palestiniano, Salam Fayyad, e com a autorização do primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, de acordo com o diário "Haaretz".

A Autoridade Palestiniana pediu a Israel que fizesse o pedido, uma vez que não é um Estado, não estando assim habilitada a fazê-lo, motivo pelo qual o pedido foi rejeitado pelo FMI, por não querer abrir precedentes, de acordo com o mesmo jornal.