Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Investigação: Financiamento não é suficiente para doutorandos - investigadora da UMinho

Lusa

  • 333

Braga, 28 set (Lusa) - A investigadora da Universidade do Minho Júlia Tomás está a participar num estudo "pioneiro" sobre a situação dos doutorandos na Europa, a cargo do Conselho Europeu dos Doutorandos e Jovens, que conclui que "o financiamento não é suficiente".

Os resultados deste estudo, inserido no Grupo de Trabalho "Survey", vão ser apresentados na sexta-feira, no Parlamento Europeu, em Estrasburgo.

Em comunicado enviado à Agência Lusa, a Universidade do Minho (UM) esclarece que o estudo abrange sete mil e 500 doutorandos de 12 países e tem por objetivos "analisar a situação atual dos doutorados e jovens investigadores no que diz respeito ao emprego, aos benefícios sociais e às condições de trabalho" e "conhecer as diferenças entre os modelos de educação doutoral na Europa".