Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Instituto do Porto lança estudo "pioneiro" sobre pessoas com 100 ou mais anos

Lusa

  • 333

Porto, 11 fev (Lusa) -- O Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS), da Universidade do Porto, vai estudar pessoas com cem ou mais anos de vida a residir na Área Metropolitana para identificar fatores associados à longevidade, adianta o coordenador do projeto.

"Este estudo valoriza a compreensão do fenómeno da longevidade e inclui uma perspetiva psicológica e transcultural", refere Óscar Ribeiro, investigador da Unidade de Investigação e Formação sobre Adultos e Idosos (UNIFAI) do ICBAS, numa nota de imprensa enviada à Lusa.

Em 2001, existiam 589 pessoas com 100 ou mais anos, ao passo que os dados de 2011 apontam para a existência de 1.474 centenários (264 homens e 1210 mulheres), dos quais 182 residem na Área Metropolitana do Porto.