Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Inspetor-geral do Trabalho admite preocupação com redes de contratação "pouco claras"

Lusa

  • 333

Braga, 21 ago (Lusa) - O inspetor-geral do Trabalho, Pedro Braz, admitiu hoje que é necessária uma "resposta política" para combater as redes "pouco claras" de contratação de trabalhadores para o estrangeiro, sublinhando a necessidade de mais fiscalização, mais prevenção e mais meios.

"É um assunto muito grave, que carece de uma resposta política, com mais fiscalização, mais prevenção, mais informação e, com toda a certeza, mais meios", afirmou Pedro Braz.

Segundo o responsável, existe por todo o país um conjunto de redes de contratação de trabalhadores "pouco claras", cuja atuação chega a "roçar o crime".