Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Inquérito/PPP: Mário Lino defende que renegociação não vai poupar dinheiro ao Estado

Lusa

  • 333

Lisboa, 11 out (Lusa) -- O antigo ministro das Obras Públicas Mário Lino defendeu hoje que a renegociação das Parcerias Público Privadas (PPP) não vai poupar dinheiro ao Estado, considerando que "vai custar mais a fazer a reparação".

"Essa ideia de que, pelo facto de se retirar de uma concessão a responsabilidade do concessionário fazer manutenção, que se poupa dinheiro é errado, porque vai custar mais a fazer a reparação ou então a estrada vai-se degradar", afirmou Mário Lino, durante a sua audição na Comissão Parlamentar de Inquérito às PPP.

Numa audição sobre os contratos de concessão do comboio da Ponte 25 de Abril, o antigo ministro das Obras Públicas do governo socialista de Joséa Sócrates cabou por criticar a transferência para o Estado da manutenção das infraestruturas, realçando que "retirar a conservação da entidade não é uma solução".