Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Inquérito/BPN: Francisco Bandeira defendeu que negócio teria sido "muitíssimo mau para a CGD"

Lusa

  • 333

Lisboa, 12 jun (Lusa) - O ex-presidente do BPN Francisco Bandeira defendeu hoje que teria "sido muitíssimo mau para a CGD" comprar o BPN, que foi vendido ao BIC, considerando que haveria sobreposição de agências e trabalhadores em excesso.

"Acho que teria sido muito mau para a CGD", afirmou Francisco Bandeira, quando questionado sobre se o banco público podia ter comprado o BPN, na comissão parlamentar de inquérito à nacionalização e reprivatização do banco, a decorrer há mais de quatro horas.

Francisco Bandeira realçou que "a grande parte das agências dos dois bancos sobrepõem-se", referindo também que haveria "gente a mais".