Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Guião da reforma do Estado é de uma pobreza confrangedora - bastonário dos Médicos

Lusa

  • 333

Lisboa, 04 nov (Lusa) -- O bastonário da Ordem dos Médicos classificou hoje o guião da reforma do Estado na área da saúde como um documento de "uma pobreza intelectual confrangedora", confessando que teria vergonha de o apresentar.

José Manuel Silva centrou parte do seu discurso de lançamento da recandidatura a bastonário no guião da reforma do Estado apresentado na semana passada pelo vice primeiro-ministro, Paulo Portas.

"Na área da saúde foi uma desilusão total. O guião é de uma pobreza intelectual tão confrangedora e de uma indefinição tão impressionante, essencialmente constituído por um conjunto de frases feitas e afirmações vazias de conteúdo, que eu teria vergonha em apresentá-lo", afirmou o bastonário, que se recandidata a um segundo mandato.