Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Greve dos trabalhadores do metro de Lisboa sem serviços minímos

Lusa

  • 333

Lisboa, 28 out (Lusa) -- O Tribunal Arbitral do Conselho Económico e Social (CES) não decretou serviços mínimos para a greve dos trabalhadores do Metropolitano de Lisboa, na quinta-feira, ao contrário do que decidiu há 15 dias e levou à suspensão da greve.

Ao contrário do estipulado para a greve do passado dia 15 de outubro, o CES decidiu desta vez que "não são fixados quaisquer serviços mínimos relativamente à circulação de composições", lê-se no acórdão publicado na sua página da internet.

Face a esta decisão, fonte do metro admitiu à agência Lusa que as estações estarão fechadas nesse dia.