Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Grécia arrisca novas medidas de austeridade devido à queda de 7% nas receitas em janeiro

Lusa

  • 333

Atenas, 07 fev (Lusa) -- Atenas está alarmada porque a quebra de 7% das receitas com impostos verificada em janeiro face ao previsto provocará, caso o desvio não seja corrigido até março, a aprovação automática de novas medidas de austeridade.

A aprovação automática de medidas de austeridade para compensar o desvio da quebra de impostos arrecadados face ao montante previsto pelo governo está incluída no memorando que Atenas assinou com os credores internacionais.

Fontes do ministério das Finanças citadas hoje por vários jornais gregos informaram que as receitas com impostos foram de 4.050 milhões de euros e que a estimativa do governo era de 4.360 milhões.