Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo espera que Bruxelas antecipe para outubro apoio de 320 ME a agricultores

Lusa

  • 333

Lisboa, 06 ago (Lusa) -- Portugal pediu a Bruxelas a antecipação dos apoios comunitários aos agricultores por causa das cheias do início deste ano e tem expectativas que os fundos cheguem em outubro, revelou hoje o Governo.

No 'briefing' diário no Conselho de Ministros, o secretário de Estado da Agricultura, José Diogo Albuquerque, informou que Portugal fez um pedido formal de antecipação das ajudas diretas aos agricultores, no valor de 320 milhões de euros.

"Isto permitirá aos agricultores receber 50% ou 80%, dependendo do tipo de ajuda, já em outubro em vez de o receber em dezembro", disse, salientando que esta antecipação se "justifica, no caso de Portugal, com as cheias" do início do ano.