Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo espera até quarta-feira para avaliar "alternativas" que minimizem impacto da greve dos estivadores

Lusa

  • 333

Lisboa, 13 nov (Lusa) - O Governo vai esperar até quarta-feira, véspera de um novo período de greve dos estivadores, por um acordo que diminua o impacto da paralisação para a economia, adiando para então o estudo de "alternativas".

"O dia de hoje não nos trouxe a notícia de um acordo entre os operadores e os sindicatos, mas ainda não esgotamos a via negocial. E é nessa via que apostamos para encontrar uma solução que minimize o impacto deste pré-aviso de greve para 15 a 27 novembro", afirmou o secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro, à margem do encontro "Transportes, Competitividade e Futuro", a decorrer em Lisboa.

Em declarações aos jornalistas, o governante afirmou que o objetivo é que "houvesse acordo" antes do início da greve, que começa na próxima quinta-feira, admitindo que então a situação será avaliada.