Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Governo considera que turismo de saúde tem grande margem de progressão em Portugal

Lusa

  • 333

Coimbra, 22 abr (Lusa) - O secretário de Estado do Turismo, Adolfo Mesquita Nunes, disse hoje, em Coimbra, que o turismo de saúde tem uma "enorme" margem de progressão em Portugal, sendo considerado um produto estratégico para o setor.

"Os serviços nacionais de saúde e europeus não são todos iguais e, portanto, no meio do mercado do turismo de saúde e das seguradoras, é possível encontrar aqui um importante segmento de mercado que podemos aproveitar, sobretudo aproveitando a circunstância do Serviço Nacional de Saúde ser reconhecido como um serviço de confiança", frisou o governante.

Adolfo Mesquita Nunes, que falava aos jornalistas à entrada para uma reunião no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), salientou que o objetivo do Governo "é tentar estruturar um produto que possa ser vendido no mercado lá fora como um todo".