Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Futuro presidente da federação de ciclismo com "cunho pessoal" e eventual revisão da Volta

Lusa

  • 333

Lisboa, 12 set (Lusa) -- O dirigente da Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC) e antigo corredor Delmino Pereira, único candidato às eleições de sábado, admitiu defender "alguns assuntos" na organização da Volta a Portugal, desejando imprimir um "cunho pessoal" à modalidade.

"O contrato está previsto até 2013. Vai estar em cima da mesa e já será a nova direção a decidir. Podemos optar pela renovação ou por novo concurso. A PAD/JLS (empresa de João Lagos) tem cumprido todo o acordo é um parceiro que merece estima e consideração", afirmou em entrevista à Lusa, reconhecendo ser necessário "defender alguns assuntos", quando questionado sobre a concentração do percurso no norte e no litoral continentais.

Delmino Pereira, "há oito anos" na direção presidida pelo histórico Artur Lopes, antevê "com naturalidade" a sua eleição para responsável máximo do organismo.