Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

FMI/Cortes: Eurodeputados do PCP querem saber se Bruxelas vai propor alterações ao Memorando

Lusa

  • 333

Bruxelas, 09 jan (Lusa) -- Os eurodeputados portugueses do PCP perguntaram hoje à Comissão Europeia se pretende propor alterações ao Memorando de Entendimento do programa de assistência português, no sentido das medidas sugeridas no relatório Fundo Monetário Internacional (FMI) sobre cortes na despesa.

Com a pergunta escrita dirigida à Comissão Europeia, Inês Zuber e João Ferreira querem também saber se o executivo Comunitário "pretende continuar a aprofundar as medidas impostas ao povo português", afirmando que estas "têm implicado a retirada de direitos sociais e laborais, a destruição das funções sociais do Estado e o aumento do desemprego".

Os deputados do PCP no Parlamento Europeu afirmam que "o FMI, a Comissão Europeia e o Banco Central Europeu assinaram, conjuntamente com o Governo Português, um Memorando de Entendimento enquadrado num programa de assistência financeira que continha já várias medidas ditas de austeridade, que, tendo retirado direitos e rendimentos aos trabalhadores portugueses, não resolveram, mas agravaram a situação económica e social do país".