Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

FMI nega querer imposto destinado aos mais ricos

Lusa

  • 333

Washington, 24 out (Lusa) - O Fundo Monetário Internacional (FMI) desmentiu hoje que defenda a criação de um imposto destinado aos mais ricos como forma de reduzir os défices públicos, como sugeria um relatório recente da instituição.

"Não recomendamos a criação de um imposto sobre a riqueza", declarou um porta-voz do FMI, William Murray, numa conferência de imprensa em Washington.

Num relatório publicado no início de outubro, o FMI referia que um imposto sobre a riqueza teria "fortes hipóteses" de sucesso, precisando que uma cobrança de 10% nos 15 países da zona euro permitiria a estes países repor os défices aos níveis de antes da crise.