Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Fisco consegue 1.228 milhões de euros recorrendo à cobrança coerciva em 2012

Lusa

  • 333

Lisboa, 09 jan (Lusa) -- O fisco conseguiu arrecadar durante o ano passado 1.228 milhões de euros em receitas com impostos para os cofres do Estado recorrendo à cobrança coerciva, superando em 11,7% o objetivo anual fixado.

O Ministério das Finanças já havia anunciado que tinha cumprido esta meta de 1.100 milhões de euros ainda em dezembro -- uma prática recorrente nos últimos anos --, adiantando que "em 2012, o volume global de dívidas fiscais vencidas foi o menor desde 2004, o primeiro ano em que existem estatísticas sobre esta matéria, tendo diminuído cerca de 7% face a 2011 e cerca de 25% face a 2010".

A 04 de dezembro o Governo anunciava que tinha conseguido até ao final de novembro 1.106 milhões de euros em dívidas ao fisco com recurso à cobrança coerciva.