Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Faturação das empresas de trabalho temporário caiu em 2011 e vai continuar a descer em 2012 e 2013 - Estudo

Lusa

  • 333

Lisboa, 12 dez (Lusa) -- A faturação das empresas de trabalho temporário caiu ligeiramente em 2011, situando-se nos 895 milhões de euros, segundo a empresa de estudos DBK, que estima para 2012 uma quebra da atividade ainda maior.

No ano passado, a faturação das empresas de trabalho temporário recuou 0,6% dos 900 milhões registados em 2010, sobretudo devido à desfavorável situação económica "que provocou nos últimos anos uma forte pressão sobre os preços" do serviço, segundo a empresa espanhola especialista em estudos de análise setorial e de concorrência.

No entanto, refere, "a curto prazo irá acentuar-se a tendência descendente do volume de negócios, num contexto de deterioração da conjuntura económica, prevendo-se uma quebra aproximada de 7% no final de 2012" até se situar nos 830 milhões de euros.