Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Euro/crise: Passos alerta que aversão ao risco pode pôr em perigo economia

Lusa

  • 333

Porto, 04 jul (Lusa) - O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, disse hoje esperar que a cultura de aversão ao risco existente na Europa "não se desequilibre muito mais" porque se isso acontecer "qualquer dia" não existirá economia que suporte o sistema financeiro.

"Apesar de reconhecer que os tempos que temos vivido nos últimos anos nos trouxeram mais cautelas a todos, é hoje muito evidente que o sistema financeiro na Europa desenvolveu um sentido de risco e de aversão ao risco que às vezes dificulta aquilo que é a própria função do sistema financeiro, que é estar disponível para que as empresas e as boas ideias possam florescer", disse Passos Coelho na Exponor, em Matosinhos, durante o seu discurso na cerimónia de entrega da 10ª edição do prémio Fundação Ilídio Pinho, Ciência na Escola.

O primeiro-ministro alertou: "Esta cultura de aversão ao risco, espero, não se desequilibre muito mais porque se se desequilibrar muito mais qualquer dia temos algum sistema financeiro mas não teremos economia que o suporte".