Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Estaleiros de Viana: Enfermeiros pedem indemnização de 120 mil euros por "despedimento ilícito"

Lusa

  • 333

Viana do Castelo, 18 jul (Lusa) - Um grupo de quatro enfermeiros exige em Tribunal, aos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC), uma indemnização de 120 mil euros por entenderem que foram alvo de um "despedimento ilícito" por parte da empresa.

"A nossa situação configura um despedimento ilícito, sempre tivemos avaliações muito positivas, mas estávamos numa situação de falsos recibos verdes puros. De uma forma chocante, enviaram-nos cartas de despedimento, colocando uma empresa externa no nosso lugar", explicou hoje à agência Lusa Manuel Abreu, um dos quatro enfermeiros visados.

Em causa está uma decisão do conselho de administração dos ENVC, em março deste ano, de avançar com a aquisição de serviços de Medicina, Enfermagem, Segurança e Prevenção a uma empresa externa, dispensando das funções os quatro enfermeiros e dois médicos, do serviço interno.