Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Empréstimos de 2ME da Lotaçor à Porto de Abrigo desrespeitam "boas práticas" - Tribunal de Contas

Lusa

  • 333

Horta, 8 mar (Lusa) - A Lotaçor, a empresa açoriana das lotas, concedeu mais de 30 empréstimos à cooperativa Porto de Abrigo entre 2006 e 2010, o que o Tribunal de Contas considera que "não se enquadra nas boas práticas" de uma empresa pública.

De acordo com uma auditoria do Tribunal de Contas (TC) hoje divulgada, os estatutos da empresa pública que gere os portos de pesca e as lotas do arquipélago dos Açores "não preveem a concessão de crédito a entidades privadas".

"A concessão daqueles créditos, de forma indiscriminada, não se enquadra nas boas práticas de gestão de empresas públicas, como foi o caso", lê-se no relatório da auditoria do TC, quando se refere aos empréstimos que a Lotaçor atribuiu à cooperativa de pescadores Porto de Abrigo.