Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Eleições na Guiné-Bissau a 24 de novembro "é fundamental", diz primeiro-ministro de transição

Lusa

  • 333

Bissau, 24 jul (Lusa) - O primeiro-ministro do Governo de transição da Guiné-Bissau considera fundamental que as eleições sejam a 24 de novembro e que o tipo de recenseamento, biométrico ou manual, deve de ser escolhido com essa condição.

Em entrevista à Agência Lusa, Rui Duarte de Barros diz que são os partidos a tomar a decisão, mas avisa que o importante é que as eleições "se façam no dia 24 de novembro", a data marcada pelo Presidente de transição, Serifo Nhamadjo.

"Não tenho nenhuma experiência em recenseamento biométrico mas penso que é bom escolher o que nos vai permitir fazer as eleições na data marcada, de forma segura e transparente", disse, acrescentando o "menos custo" como fator também de escolha.