Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Educação: Países da UE devem combater "crise de literacia" desde a primeira infância - estudo

Lusa

  • 333

Lisboa, 06 set (Lusa) -- Os países da União Europeia (UE) têm de combater a "crise da literacia", por melhores competências de leitura e escrita, logo desde a primeira infância até à idade adulta, indica um estudo de peritos europeus divulgado hoje.

Nas vésperas de se assinalar o Dia Internacional da Literacia, a Comissão Europeia revelou hoje em Nicósia (Chipre) as conclusões de um relatório elaborado por peritos europeus com propostas concretas para os Estados-membros melhorarem os níveis de literacia.

O relatório fala em "crise de literacia", porque um em cada cinco jovens europeus de 15 anos e quase 75 milhões de adultos ainda não têm conhecimentos de base para ler e escrever.