Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Dotcom voltou ao tribunal para pedir indemnização às autoridades neozelandesas

Lusa

  • 333

Sydney, Austrália, 15 abr (Lusa) - O informático alemão Kim Dotcom, reclamado pelos Estados Unidos por alegada pirataria informática, regressou hoje a tribunal na Nova Zelândia para pedir que a polícia neozelandesa o indemnize por busca ilegal na sua vivenda em janeiro de 2012.

Em junho do ano passado, o Supremo Tribunal da Nova Zelândia declarou ilegal o mandado de busca da polícia por considerar que era demasiado amplo e não descrevia adequadamente as acusações, assim como a apreensão de parte dos objetos do fundador do portal de partilha de ficheiros Megaupload.

Iniciado no ano passado, o processo judicial em curso na cidade de Auckland deverá decorrer até sexta-feira, indicou uma fonte à Rádio New Zeland, citada pela agência Efe.