Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Diretora do FMI defende equilíbrio entre ajustamento orçamental e efeitos na economia

Lusa

  • 333

Lisboa, 27 fev (Lusa) -- A diretora do FMI defendeu, em carta enviada ao líder socialista português, que o ajustamento orçamental em Portugal é necessário, mas que deve ser mantido um equilíbrio com o crescimento e o emprego, avançou à Lusa fonte do PS.

De acordo com a mesma fonte, Christine Lagarde refere - na carta, que responde a uma outra enviada por António José Seguro no passado dia 17 -- que a delegação do FMI está em Portugal para apreciar o contexto económico e garantir um equilíbrio correto entre ajustamento e crescimento e emprego.

Num trecho da carta a que a Lusa teve acesso, a diretora do FMI admite, no entanto, que o equilíbrio necessário é difícil de atingir.